O Conselho de Arbitragem (CA) e a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) decidiram acabar com a presença dos árbitros do primeiro escalão nas redes sociais, de acordo com informação de uma fonte do setor avançada à agência Lusa.

A mesma fonte garantiu à Lusa que a sugestão “foi bem acolhida pelos juízes” e que deverá ser alargada no futuro a todos os quadros nacionais. Recorde-se que já foram feitas ameaças a alguns árbitros profissionais através das suas contas de Facebook.

O presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), Luciano Gonçalves, disse à agência estar de acordo com a decisão, visto esta eliminar “focos de instabilidade”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR