A seleção portuguesa masculina de ténis de mesa perdeu este domingo com a congénere da Alemanha, por 3-0, na final do Campeonato da Europa de equipas, que terminou no Luxemburgo.

Marcos Freitas foi o praticante luso que mais resistência ofereceu ao opositor germânico, tendo perdido por 3-2 com Timo Boll, pelos parciais de 11-9, 7-11, 15-13, 5-11 e 10-12.

Tiago Apolónia, pelo contrário, foi batido de forma categórica por Dimitrij Ovtcharov, por 3-0, com os parciais de 6-11, 7-11 e 9-11, deixando antever que Portugal dificilmente seria capaz de reeditar a proeza de 2014, quando conquistou o título, enquanto João Monteiro ainda começou a vencer Patrick Franziska, por 12-10, mas perdeu 3-1 com o germânico, que se impôs por 11-6, 11-9 e 11-5.