A tempestade tropical Maria deve ganhar força ainda este domingo e tornar-se um furacão nos próximos dias, durante a travessia para as Pequenas Antilhas e Porto Rico, que se estão a preparar para a chegada do ciclone.

A informação é do centro de furacões norte-americano que indicou que a tempestade se deslocava com ventos máximos de 100 quilómetros por hora.

A tempestade dirige-se para as Antilhas Menores, ilhas que, juntamente com Puerto Rico e Cuba, foram atingidas pelo furacão Irma, com casos como o de Barbuda, onde se registou quase 90% de devastação e onde prossegue o trabalho de reconstrução.

A ameaça potencial representada por Maria chega uma semana depois de o furacão Irma ter passado por essas ilhas das Caraíbas, Porto Rico e sudeste dos EUA, onde causou mais de trinta mortes.

Em 2013, dois furacões quase simultâneos atingiram as costas do Pacífico e das Caraíbas do México, causando 157 mortos.