As ações do BCP continuavam esta segunda-feira a meio da sessão a liderar os ganhos na bolsa em Lisboa, a subirem 5,13% para 0,2255 euros.

Cerca das 11:00, as ações do BCP eram as mais transacionadas, tendo mudado de mãos cerca de 64,7 milhões de ações num valor total de cerca de 14,7 milhões de euros.

À mesma hora, o principal índice, o PSI20, outra vez com apenas 18 títulos, estava a subir 1,50% para 5.280,62 pontos – com 17 ‘papéis’ a valorizarem-se e apenas um a descer (EDP).

Uma hora depois do início da sessão, cerca das 09:05, as ações do BCP estiveram a valorizar-se 6,29% para 0,228 euros.

“O presumível impacto positivo que a elevação a ‘rating’ de investimento nas ‘yields’ nacionais terá um reflexo igualmente nas ações mais sensíveis às taxas de juro: EDP, a EDP Renováveis, os CTT e a REN. Todavia, o impacto no mercado acionista poderá ser mais amplo pois a decisão da Standard & Poor’s [na sexta-feira] confirma a perspetiva positiva que os mercados financeiros têm há bastante tempo sobre a economia nacional”, referem os analistas do BPI.

A agência de notação financeira Standard and Poor’s (S&P) tirou Portugal do ‘lixo’, revendo em alta o ‘rating’ atribuído à dívida soberana portuguesa de ‘BB+’ para ‘BBB-‘, um primeiro nível de investimento.

Na restante Europa, as principais bolsas estavam em alta, no início de uma semana marcada pela reunião da Reserva federal norte-americana e pelas eleições na Alemanha.