É certo e sabido que José Mourinho é o rei das provocações. Seja para desestabilizar o adversário antes do jogo ou para causar polémica depois da partida, o “special one” não tem grandes travões no que toca a fazer comentários. E este é só mais um capítulo dessa novela.

Antes do Manchester United-Everton deste domingo, Mourinho disse que a sua equipa “ia jogar contra um clube que gastou 140 milhões. Estamos obviamente a falar de uma equipa que quer ficar, pelo menos, nos quatro primeiros”. O treinador do Everton, Ronald Koeman, não gostou do comentário e deixou transparecer toda a frustração já depois de perder 4-0 em Old Trafford.

Eu vi que o meu colega falou sobre o Everton ter gasto 140 milhões e que por isso tinha de ficar nos quatro primeiros. Se há alguém nesta sala e lá fora que vê isto como algo realista para nós, por favor comente. Sejam realistas”, disse o técnico holandês, que já passou pelo Benfica.

O Everton perdeu os últimos quatro jogos e está na zona de despromoção. Koeman é sincero: “Eu não estou contente com a maneira como começamos a época, mas por favor sejam um pouco realistas com o Everton. Precisamos de tempo, mas é difícil no futebol”. O treinador acabou por dizer que, se não conseguir ganhar nenhum dos quatro jogos antes da próxima pausa para as seleções, deve ser despedido.

José Mourinho, por sua vez, estava satisfeito com a prestação da equipa. “A exibição foi muito boa, especialmente nos primeiros 30-35 minutos, foi provavelmente a nossa melhor exibição da época. Pressionámos e eles não tiveram hipótese de sair, não tiveram oportunidade, foi muito impressionante”, afirmou o treinador português na flash interview.

O Manchester United está atualmente no primeiro lugar da Premier League com os mesmos pontos do Manchester City. Mourinho mostrou-se despreocupado quanto ao rival direto e até disse que não pensou “um segundo sobre o City. Pensei no Tottenham, no Arsenal, no Chelsea e no Liverpool. Não ganharam os jogos deles e foi oportunidade para nós conseguirmos dois pontos tal como eles conseguiram quando nós empatámos com o Stoke a semana passada”.

A má notícia para o Manchester United é a lesão de Paul Pogba. As notícias logo depois do fim do jogo diziam que o francês ia parar durante 12 semanas devido a uma lesão no músculo da coxa, mas Mourinho descansou os adeptos. “Eu não sei se são 12 semanas ou 12 dias, honestamente. Qualquer comentário, qualquer rumor, é totalmente errado, porque nós não sabemos se são 12 semanas ou 12 dias”.

O Manchester United venceu o Everton por 4-0, em Old Trafford, com golos de Valencia, Mkhitaryan, Lukaku e Martial. O jogo ficou ainda marcado pelo regresso de Wayne Rooney a Manchester, agora com a camisola do Everton.

Veja as declarações de Mourinho e Koeman.