Rádio Observador

Hackers

Avast. Empresa de anti-vírus propaga acidentalmente vírus

O CCleaner, um software da Avast, foi atacado por hackers e permitiu o acesso remoto a dados de computadores que tinham este programa instalado.

A Avast está entre as maiores empresas de segurança informática do mundo

OLIVER BERG/EPA

O software CCleaner, para remoção de ficheiros e aplicativos desnecessários, foi atacado por hackers (piratas informáticos) deixando uma “porta aberta” para a recolha remota de informação contida nos computadores que tinham o programa. Quem deixou o aviso foi a Piriform, detida por uma das maiores empresas de segurança informática do mundo, a Avast.

Se descarregou o software entre 15 de agosto e 24 de agosto, deve atualizá-lo o mais rapidamente possível.

A empresa está a trabalhar com as autoridades americanas para averiguar o caso, tendo já desligado o servidor atacado. Foram afetadas apenas as versões do software para PC. A versão para o sistema operativo móvel Android, segundo informações avançadas pela Avast, não foi comprometida.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mmachado@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)