A SAD do Benfica teve lucros de 44,5 milhões de euros na época passada. O valor supera os 20,4 milhões, obtidos na temporada anterior, e representa o maior lucro de sempre da equipa dos encarnados. Foi o segundo ano consecutivo com lucros e a equipa mais do que duplicou essa receita — um valor que pode ser explicado, em parte, com a venda de jogadores.

No comunicado do clube, lê-se que o passivo passou dos 455,5 milhões de euros para os 438,3 milhões — uma descida de 17,2 milhões. Relativamente ao ativo, aumentou 29,6 milhões de euros, passando dos 476,4 para os 506 milhões de euros. O resultado líquido equivale a um crescimento de 118,4%.

O resultado líquido ultrapassa os 44,5 milhões de euros, o que equivale a um crescimento de 118,4% face ao exercício transato, no qual já tinha atingido resultados positivos no valor de 20,4 milhões de euros, correspondendo ao quarto exercício consecutivo em que a Benfica SAD apresenta lucros”, lê-se no comunicado enviado à CMVM.

Já sobre os capitais próprios, esses são positivos e situam-se nos 67,7 milhões. Os empréstimos bancários também reduziram o valor de 88,9 milhões.