Numa altura em que muitos dos principais construtores automóveis canalizam parte do seu investimento para o desenvolvimento do automóvel 100% autónomo, criando soluções e tecnologias até aqui desconhecidas, a Ford acaba de avançar com um pedido de registo de patente daquela que é a sua mais recente criação para o carro autónomo: uma mesa elevatória que conta, para maior segurança dos ocupantes, com airbags integrados. Mas que é estranho, lá disso não temos dúvidas!

É certo que muitas das patentes registadas pelos fabricantes nunca chegam a ver a luz do dia, mas não é menos verdade que esta é uma das soluções mais estranhas que já vimos. Mesmo se não deixa de ter algum fundamento, fruto da possibilidade que oferece, por exemplo, para realizar reuniões enquanto a viagem decorre…

Mas se esta é uma solução já aplicada em muitos furgões de passageiros, a sua presença num carro autónomo, de dimensões exteriores mais contidas, ainda para mais através de um sistema em que a mesa surge integrada no piso da viatura, elevando-se sempre que necessário entre os bancos dos ocupantes, torna as coisas um pouco mais invulgares. Até porque, neste caso, um dos participantes é o condutor. Que, segundo as imagens que fazem parte do pedido de patente, apenas tem de rodar a cadeira para trás, para participar na conversa.

A pensar na segurança, a mesa conta com airbags nas laterais, os quais inflam em caso de embate, impedindo quem estiver em redor de ir de encontro à “mobília”.

Se esta proposta virá ou não a ser implementada pela marca da oval, só o tempo o dirá. Mas se as viagens do futuro passarem (mesmo) a fazer-se à mesa, a Ford já está preparada…