Autárquicas 2017

Sondagens. Quem acertou mais estas autárquicas?

Já são conhecidas as projeções dos resultados das eleições autárquicas deste ano. Saiba quais foram as sondagens mais fiéis às projeções. No final da noite, compare-as com os resultados finais.

JOÃO PORFÍRIO/OBSERVADOR

Compare aqui em baixo as últimas projeções com as mais recentes sondagens feitas pela Aximage, Eurosondagem e Universidade Católica para os sete concelhos na mira dos portugueses: Lisboa, Sintra, Loures, Oeiras, Coimbra, Porto e Matosinhos. Mais tarde, quando houver resultados definitivos, compare-os com os valores projetados e os valores sondados durante a campanha eleitoral.

Debaixo de cada barra colorida (que representam as sondagens para cada um dos candidatos), vai encontrar duas barras cinzentas: a mais escura representa a projeção máxima e a mais clara identifica a projeção mínima para o candidato colorido que aparece imediatamente acima. Este artigo vai estar em atualização: sempre uma nova projeção referente a um dos sete concelhos for lançada, os gráficos vão ser modificados até que haja resultados definitivos.

Lisboa

Sintra

Loures

Oeiras

Coimbra

Porto

Matosinhos

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mlferreira@observador.pt
Saúde

ADSE ou Ai do Zé?

Fernando Leal da Costa

Sejamos claros. O fim da ADSE, um dos seguros mais importantes na saúde dos Portugueses, determinará um acelerar vertiginoso do colapso assistencial do SNS, com tempos de espera infindáveis.

Winston Churchill

A arrogância da ignorância /premium

João Carlos Espada

Como devemos interpretar que um dirigente do segundo maior partido britânico venha dizer em público que o líder do mundo livre durante a II Guerra, Winston Churchill, foi um “vilão”?

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)