O ministro da Administração do Território e da Reforma do Estado angolano, Adão de Almeida, pediu esta terça-feira “disciplina e autoridade” à gestão do novo governador da província de Luanda, Adriano Mendes de Carvalho, que sucede no cargo ao general Higino Carneiro.

Adão de Almeida, que tal como Adriano Mendes de Carvalho foi empossado no sábado em funções pelo novo Presidente da República, João Lourenço, falava na sede do Governo Provincial de Luanda, na apresentação do novo governador da capital, metrópole com quase sete milhões de habitantes.

Deve-se impor a disciplina e autoridade em Luanda e consequentemente ouvir diretamente os cidadãos e cumprir as linhas orientadoras de governar com o cidadão”, exortou o ministro, que no Governo anterior, liderado por José Eduardo dos Santos, assumia as funções de secretário de Estado no então Ministério da Administração do Território.