Seis pessoas desapareceram depois de a piroga onde seguiam ter naufragado quando fazia a ligação entre as ilhas de Bubaque e Canhabaque, no sul da Guiné-Bissau, disse esta terça-feira o comandante dos Portos de Bissau, Sigá Batista.

O naufrágio deu-se na tarde de segunda-feira na sequência de fortes ventos que se abateram sobre grande parte da Guiné-Bissau, com incidência sobre o arquipélago dos Bijagós, e quando a piroga embateu contra uma rocha, tendo-se partido ao meio, precisou Sigá Batista.

A piroga, com motor fora de bordo, utilizada para pesca artesanal, deu boleia a um grupo de passageiros que queriam chegar à ilha de Canhabaque, a partir de Bubaque, mas no meio do caminho, devido aos fortes ventos, acabou por naufragar.