O piloto português Paulo Gonçalves (Honda) desistiu este domingo no final da terceira etapa do Rali de Marrocos de todo-o-terreno, na qual Joaquim Rodrigues (Hero) subiu ao sétimo posto.

Depois da queda na véspera, Paulo Gonçalves sentiu, de acordo com a sua equipa, muitas dores na mão durante a especial de hoje e acabou por desistir, para poder recuperar, já a pensar no Dakar de 2018.

Joaquim Rodrigues subiu ao sétimo posto, a 31.33 minutos do líder, o chileno Pablo Quintanilla (Husqvarna), que tem 4.48 minutos de avanço sobre o austríaco Mattias Walkner (KTM) e 14,32 sobre o norte-americano Ricky Brabec (Honda), que venceu a tirada. Mário Patrão (KTM) fecha o ‘top-10’.

Nos carros, Alejandro Martins (Toyota) é 22.º, já a 2:17.51 horas do francês Sebastien Loeb (Peugeot), que lidera com 3.46 minutos de avanço sobre o catari Nasser Al Attiyah (Toyota) e 18.18 sobre Nani Roma (Mini).

O camião de Elisabete Jacinto (MAN) virou-se nas dunas em Erg Chegaga, quando a piloto se tentava desviar de uma zona de lama.