Mais de 1.000 operacionais combatem esta segunda-feira à tarde quatro incêndios de grande dimensão nos distritos de Coimbra, Vila Real, Viseu e Santarém, segundo o site da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

De acordo com a ANPC, pelas 17h40, o incêndio que deflagrou na noite de sexta-feira na localidade de Castanheira, na freguesia de Fajão-Vidual, no concelho de Pampilhosa da Serra, distrito de Coimbra, mobilizava 641 operacionais, apoiados por 192 meios terrestres e cinco meios aéreos, no combate a sete frentes ativas.

O Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil de Pampilhosa da Serra foi ativado na tarde de domingo devido ao fogo, que levou ao corte de vias, nomeadamente da Estrada Nacional 344, entre Castanheira e Cepos, e das Estradas Municipais 508, 544, 547 e 14-0.

O fogo que deflagrou hoje às 08h40 na localidade de Vilarinho Seco, no concelho de Boticas, no distrito de Vila Real, era combatido por 70 homens, apoiados por 19 viaturas e um meio aéreo. Estes dois fogos estão ainda incluídos nas “ocorrências importantes” da página da Proteção Civil.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Na localidade de Lapa do Lobo, no concelho de Nelas, no distrito de Viseu, deflagrou hoje às 14h57 um fogo que conta já com 142 operacionais, apoiados por 44 meios terrestres.

Já o incêndio que deflagrou às 17h08 de domingo na localidade de Amenta, freguesia de Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais, no concelho de Ourém, no distrito de Santarém, encontra-se em resolução e conta com um total de 192 homens, apoiados por 60 meios terrestres.