O ator Jean Rochefort, um dos rostos mais conhecidos do cinema francês, morreu no domingo aos 87 anos em Paris, revelou esta segunda-feira a família.

Jean Rochefort entrou em mais de 150 filmes, do cinema de autor às produções mais populares, tendo recebido um prémio César de carreira em 1999.

Entre os filmes populares estão, por exemplo, As atribulações de um chinês na China (1965), de Philippe de Broca, O relojoeiro (1974) e Vamos a isto que é festa (1975), ambos de Bertrand Tavernier, e As belas mulheres dos outros (1975), de Ives Robert.

Luis Buñuel, Patrice Leconte, Fernando Trueba e Guillaume de Caunet são outros realizadores com quem trabalhou.

Por concretizar, por motivos de saúde, ficou o sonho de interpretar D. Quixote no projeto cinematográfico de Terry Gilliam – que empreende há várias décadas -, documentado em Lost in la Mancha (2002).