A Direção-Geral da Saúde (DGS) emitiu um comunicado onde compila e divulga informação sobre os riscos para a saúde associados à exposição a fumo resultante de incêndios florestais e deixa recomendações à população:

  • Evitar exposição ao fumo, mantendo-se dentro de casa, com janelas e portas fechadas, em ambiente fresco.
  • Ligar o ar condicionado, se possível, no modo de recirculação de ar.
  • Evitar a utilização de fontes de combustão dentro de casa (aparelhos a gás ou lenha, tabaco, velas, incenso, entre outros).
  • Evitar atividades no exterior.
  • Utilizar máscara/respirador (N95) sempre que a exposição for inevitável.
  • Manter a medicação habitual (se tiver doenças associadas, como asma e doença pulmonar obstrutiva crónica – DPOC) e seguir as indicações do médico perante o eventual agravamento das queixas.
  • Manter-se informado, hidratado e fresco.