Rui Rio

Ex-ministro da Educação David Justino vai coordenar moção de candidato à liderança do PSD Rui Rio

O ex-ministro da Educação David Justino vai coordenar a moção de estratégia global do candidato à liderança do PSD Rui Rio.

JOAO RELVAS/LUSA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

O ex-ministro da Educação David Justino vai coordenar a moção de estratégia global do candidato à liderança do PSD Rui Rio, informou esta quarta-feira a candidatura.

“O coordenador do documento estratégico é uma personalidade reconhecida tanto no partido como na sociedade civil, nomeadamente através do trabalho desenvolvido na área da educação e na área social”, destaca, em comunicado, a candidatura do antigo presidente da Câmara do Porto.

David Justino é atualmente Presidente do Conselho Nacional de Educação (a terminar funções), foi autarca, deputado em várias legislaturas, ministro da Educação do Governo PSD/CDS-PP liderado por Durão Barroso, entre 2002 e 2004, e assessor do anterior Presidente da República, Cavaco Silva, para os Assuntos Sociais.

David Justino vai trabalhar com uma equipa multidisciplinar e espera poder contar com contributos de todos os militantes interessados em participar neste documento que definirá as linhas estratégicas para o futuro do partido”, refere ainda a candidatura de Rui Rio.

As moções de estratégia global terão de ser entregues pelos candidatos à liderança do PSD até 2 de janeiro, juntamente com a formalização das candidaturas, que têm de ser subscritas por um mínimo de 1.500 militantes. O PSD escolherá o seu próximo presidente em 13 de janeiro em eleições diretas, com Congresso em Lisboa entre 16 e 18 de fevereiro.

Até agora, anunciaram-se como candidatos à liderança do PSD o antigo presidente da Câmara do Porto Rui Rio e o antigo primeiro-ministro Pedro Santana Lopes. O atual presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, já anunciou que não se recandidata ao cargo que ocupa desde 2010.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Polémica

Museu Portugal Global, e não Museu das Descobertas

Matilde Sousa Franco

“A história portuguesa é história global” e “o lugar de Portugal é de crucial importância”! Porquê continuarmos a menorizarmo-nos a nós próprios? Porquê ter medo de admitir que Portugal foi global?

Futebol

Gelson Martins e Bruno Fernandes no Benfica? Não!

José Andrade e Sousa

Se o Benfica resistir a contratar os jogadores que rescindiram com o Sporting e o fizer com convicção e não por oportunismo, manter-se-á fiel à sua matriz, dará um grande exemplo e marcará a diferença

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)