Dacia

Novo Dacia Duster está a chegar. Mas não a Portugal

O novo Dacia Duster é um veículo mais atraente, com melhores materiais e mais equipamento. Está prestes a chegar ao mercado, mas não Portugal. Pelo menos enquanto não for classe 1 na auto-estrada.

Autor
  • Francisco António

Prestes a chegar aos mercados europeus, o novo Dacia Duster, SUV compacto que desde o seu lançamento tem sido o modelo mais vendido da marca romena do Grupo Renault, não tem previsto o início da comercialização da 3ª geração no nosso país. Pelo menos não numa fase inicial, tudo porque tem mais de 1,10 metros de altura ao nível do eixo dianteiro, o que o atira para a mais dispendiosa classe 2 nas auto-estradas.

A decisão, revelou fonte da filial nacional da marca romena ao Observador, foi já tomada. Sendo que, acrescenta o mesmo interlocutor, o SUV, que é um dos mais acessíveis do segmento, só virá para Portugal caso as regras sejam alteradas, ou a Dacia adapte o modelo à legislação nacional.

No entanto e enquanto tal não acontecer, a decisão do importador foi já tomada e passa por não comercializar a nova geração de um modelo que, na verdade, tem vindo a conquistar um número cada vez maior adeptos entre nós. Mesmo com a garantia já assumida pelos responsáveis da casa-mãe de que o novo Duster pouco ou nada diferirá do actual em matéria de preços. Excepto nas portagens, que sobem sensivelmente para o dobro. Ou ainda mais, caso o Duster reboque um atrelado, por pequeno que seja, situação que o atira para classe 3, em companhia dos grandes camiões TIR.

Também por esse motivo, o responsável da filial nacional da Dacia ouvido pelo Observador deixou desde já certeza que, uma vez ultrapassada esta dificuldade, “serão, de imediato, divulgados os preços para Portugal e o novo Duster entrará em comercialização, também em Portugal”.

Fiquemos então à espera…

Comparador de carros novos

Compare até quatro, de entre todos os carros disponíveis no mercado, lado a lado.

Comparador de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Mundial 2018

O treinador de outras eras /premium

Bruno Vieira Amaral

Identificar os jogadores pelo número da camisola e não pelo nome, em especial quando se trata de alemães, islandeses e iranianos, é prova da superioridade do treinador arcaico.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)