Esconda o telemóvel e arrume a máquina fotográfica. É possível que algumas das fotografias que guarda daquela escapadinha a Paris ou da viagem a Austrália sejam ilegais. É que as regras dizem que ninguém pode tirar fotografias da Torre Eiffel enquanto ela está iluminada, durante a noite, porque se transforma numa instalação de arte. E, na Austrália, é proibido captar imagens de Ayers Rock: a grande rocha vermelha no meio do deserto é propriedade de uma tribo que considera que fotografá-la não pode estar ao alcance de quem não compreende aquele espaço sagrado. Estranho?

Da próxima vez que fizer as malas para mais uma aventura, talvez queira saber mais sobre as lei dos direitos de autor. É que nem para a Capela Sistina pode apontar a lente: esse privilégio está reservado a uma televisão japonesa que patrocinou a restauração da pintura. E há outros sítios ou monumentos muito famosos em que estas regras também existem. Saiba quais na fotogaleria.