O Presidente da República saudou hoje em Tábua a “forma rápida e tão abrangente” como o Conselho de Ministros extraordinário de sábado sobre incêndios “quis tratar de tudo e de tantos dossiês em tão pouco espaço de tempo”.

“Entre hoje de madrugada e hoje de manhã estive a analisar as medidas do Conselho de Ministros. Quero sublinhar a forma rápida e tão abrangente como o Conselho de Ministros quis tratar de tudo e de tantos dossiês em tanto pouco espaço de tempo”, disse Marcelo Rebelo de Sousa, naquele município do distrito de Coimbra também afetado pelos incêndios do dia 15.

Para Marcelo Rebelo de Sousa, “isto é o início de um processo”.

“Não é o fim de um processo. Sabemos que é um processo demorado, mas que seja o menos demorado possível e que chegue rápido às pessoas”, sublinhou.

O Presidente da República reafirmou ainda a necessidade de uma convergência nacional sobre a temática: “Sem essa convergência não vamos lá”.