O líder conservador austríaco, Sebastian Kurz, vencedor das legislativas de dia 15, anunciou esta segunda-feira ter convidado o partido de extrema-direita FPÖ para negociações exclusivas com vista à formação de uma coligação de Governo.

“Decidi convidar Heinz-Christian Strache [líder do FPÖ] para negociações com vista à formação de um Governo”, disse o jovem líder eleito, numa conferência de imprensa em Viena, afirmando ter já tido discussões preliminares “muito construtivas” com ele.

Estas negociações abrem a porta a um regresso ao poder do Partido da Liberdade da Áustria, o FPÖ, 17 anos após ter participado no executivo de um outro conservador, Wolfgang Schüssel.