O Estado Islâmico lançou uma campanha em que ameaça o Mundial de futebol de 2018, na Rússia, segundo informação divulgada pelo SITE Intel Group, que acompanhada as atividades do Estado Islâmico na Internet. Num dos cartazes da campanha, o grupo terrorista usou a imagem do jogador argentino Lionel Messi.

Estão a lutar com um estado que não tem a palavra falha no seu dicionário”, pode ler-se no cartaz onde aparece o jogador argentino.

No cartaz, Lionel Messi aparece atrás das grades e com uma lágrima de sangue.

Esta não é a primeira vez que o Estado Islâmico ameaça a competição mundial de futebol do próximo ano. O grupo terrorista já tinha divulgado cartazes relacionados com o Mundial.

Num deles, aparece um soldado a olhar para o Estádio Luzhniki, em Moscovo, na Rússia, onde se vai realizar a final do Mundial 2018. Nesse cartaz, o grupo terrorista deixa uma promessa: “Prometo que o fogo de Mujahideen [combatente da religião Islâmica] te vai queimar. Espera só…”

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR