A Comissão Europeia abriu esta quinta-feira uma investigação aprofundada ao regime britânico que isenta da aplicação de regras contra a evasão fiscal algumas operações de grupos multinacionais, por suspeita de violação das regras de ajudas de Estado.

Em comunicado, a Comissão Europeia salientou que vai examinar se o regime britânico que isenta algumas operações de grupos financeiros da aplicação de regras contra a evasão fiscal permite que as empresas em causa paguem menos impostos no Reino Unido.

Em causa está uma exceção ao regime fiscal para alguns rendimentos provenientes de juros de empréstimos dos grupos presentes no Reino Unido.