Os presidentes das nove regiões ultraperiféricas da União Europeia, entre as quais Açores e Madeira, reúnem-se esta sexta-feira em Caiena, Guiana Francesa, tendo como principal tema de discussão a nova estratégia apresentada esta semana pela Comissão Europeia.

A XXII conferência das regiões ultraperiféricas contará com a presença do presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, e do Presidente francês, Emmanuel Macron, estando a Madeira representada pelo presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, enquanto a delegação açoriana é encabeçada pelo secretário regional adjunto para as relações externas, Rui Bettencourt, já que o chefe do governo regional, Vasco Cordeiro, ficou nos Açores para acolher a visita do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

A reunião em Caiena, que se segue à XXI conferência celebrada na Madeira, ocorre poucos dias depois de a Comissão Europeia ter apresentado uma nova estratégia para ajudar as regiões ultraperiféricas da UE – Açores, Madeira, ilhas Canárias, Guadalupe, Guiana, Martinica, Maiote, Reunião e São Martinho – a “exprimir plenamente o seu potencial”.

A estratégia prevê, pela primeira vez, o estabelecimento de um “acompanhamento personalizado”, em conjunto com os Estados-membros, para ajudar estas regiões a tirar partido das suas vantagens únicas e criar oportunidades para os seus cidadãos.

A Comissão propõe-se a “tudo fazer para moldar políticas que reflitam melhor as realidades e os interesses desses territórios, nomeadamente aquando da negociação de acordos de comércio ou de pesca”.

Para o efeito, uma plataforma de diálogo associará as regiões e os seus Estados-membros, as instituições europeias e os operadores privados, que realizarão reuniões de intercâmbio durante o processo legislativo.

Paralelamente à conferência, Juncker e Macron visitam esta sexta-feira, em Kourou, a cerca de 50 quilómetros da capital, o Centro Espacial da Guiana, o “porto espacial” da Europa.