A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) manifestou na sexta-feira total apoio à decisão dos árbitros afetos à Associação de Futebol do Algarve de solicitarem dispensa dos jogos a partir daquele dia.

“Esta situação é o reflexo da falta de resposta, por parte do Conselho de Arbitragem da referida Associação, às insistentes solicitações que os seus filiados vêm efetuando já desde 2016”, pode ler-se no comunicado emitido pela APAF.

Naquela nota acrescenta-se: “Ainda no final do ano de 2016, foi enviado ao Conselho de Arbitragem da Associação de Futebol do Algarve um documento/proposta, contendo um conjunto de medidas com o objetivo claro de desenvolvimento da arbitragem na região, documento este que não mereceu qualquer retorno por parte do referido Conselho de Arbitragem.”

A APAF acredita “que a abertura ao diálogo que a direção da Associação de Futebol do Algarve e o seu Conselho de Arbitragem referem no comunicado emitido durante o dia de ontem [quinta-feira], altera o clima existente, que em nada beneficia o panorama do futebol em Portugal”.

“Lamentamos, apenas, que a solicitação por nós efetuada, esta semana, com o objetivo de contribuir para o encontro de uma solução não tenha merecido o melhor acolhimento”, adianta a nota.

A APAF mostrou-se, “mais uma vez, totalmente disponível para colaborar na resolução desta situação, pois desde a primeira hora tudo tentou para que o diálogo existisse e esta situação não se verificasse”.