Amelia Peterson tem um pai que é engenheiro informático na Apple. Tem? Tinha. Ao visitar o pai no trabalho este deixou-a experimentar o iPhone X que estava a testar. Problema: Amelia estava a fazer um “vlog” (um videoblog) para a conta de YouTube. O vídeo tornou-se viral e as filmagens de equipamentos ainda não disponíveis dentro do campus da Apple são estritamente proibidas. Resultado: o pai de Amelia foi despedido.

https://www.youtube.com/watch?v=RBeD8E2xxck

Só no final do vídeo é que se vê Peterson a experimentar o iPhone X na cantina da Apple. Em relação a vídeos já divulgados nenhuma novidade quanto ao smartphone é divulgada. Segundo o The Verge, o código QR especial para empregados que surge nas imagens e uma nota com os nomes de código de produtos Apple ainda não lançados agravaram a infração de Peterson.

Amelia, que entretanto retirou o vídeo do YouTube, fez outra publicação a responsabilizar-se pelo ato e a dizer que não sabia que estava a por em causa o emprego do pai. A Apple não se pronunciou sobre o assunto.

https://www.youtube.com/watch?v=XQzGKwjr_js

O The Verge relembra que não é a primeira vez que um filho prejudica o emprego dos pais com produtos tecnológicos ainda não lançados. Em 2005 a Microsoft despediu um funcionário graças ao enteado ter divulgado imagens da Xbox 360 que ainda não tinha sido lançada.