O Patriarcado de Lisboa acaba de dar a conhecer uma oração pela chuva, proposta pelo Cardeal-Patriarca, D. Manuel Clemente, que deverá ser empregue pelos sacerdotes cristãos, aquando da celebração da missa.

Deus do universo, em quem vivemos, nos movemos e existimos, concedei-nos a chuva necessária, para que, ajudados pelos bens da terra, aspiremos com mais confiança aos bens do Céu. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.”

São estas as palavras que D. Manuel Clemente procura promover, afirmando ainda no comunicado que uma iniciativa deste género não é assim tão invulgar, já que “O Missal Romano inclui orações por necessidades de vária ordem, também no que à natureza se refere”.

O sentido da oração, explica o Cardeal-Patriarca em comunicado, surge num contexto de “prolongada seca, que muito afeta o ambiente e as culturas. Os incêndios foram extremamente gravosos, com grande número de vítimas mortais e de feridos, além de muitos danos materiais e prejuízos económicos e sociais, que é urgente colmatar. Toda a solidariedade é devida a quem sofreu, toda a intervenção estatal e social é absolutamente prioritária”. É neste sentido que surge este apelo para que a oração seja adicionada às homilias.

Pode ler aqui o comunicado completo do Patriarcado de Lisboa.