Portugal lidera a lista dos fornecedores de Cabo Verde, totalizando quase metade das importações do arquipélago no terceiro trimestre do ano, revelou esta terça-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE) cabo-verdiano.

Segundo os dados provisórios do Comércio Externo apurados pelo INE, no terceiro trimestre do ano Portugal totalizou 43,3% do total das importações de Cabo Verde e lidera a lista dos fornecedores, mesmo com uma diminuição de 3,3 pontos percentuais.

Em segundo em terceiro lugares da lista estão a Itália e a China, com 7,8% cada do total das importações do arquipélago cabo-verdiano, que no período em análise diminuíram 0,5%.

Segundo o INE, no terceiro trimestre do ano, os produtos importados por Cabo Verde que registaram aumento foram reatores e caldeiras (23,7%), combustíveis (15,6%), leite (21%), arroz (24,6%) e bebidas alcoólicas (2,9%).

Relativamente às exportações, Portugal ocupa o segundo lugar na lista dos clientes de Cabo Verde, representando 18,7% do total, numa tabela que é liderada pela Espanha, que totaliza 78% do total dos produtos exportados pelo país africano.

Preparados e conservas de peixes (49,2%), peixes, crustáceos e moluscos (29,4%) e vestuários (9,7%) foram os produtos mais exportados por Cabo Verde no terceiro trimestre do ano.

No mesmo período, as exportações de Cabo Verde também diminuíram (10%), relativamente ao trimestre homólogo. Já as reexportações, evoluíram positivamente (85,6%) no terceiro trimestre, em relação ao período homólogo.