Defensora da importância do som nos veículos eléctricos, a Nissan quer que a sua “Mobilidade Inteligente” se faça ouvir. Daí que, no Salão de Tóquio, tenha apresentado aquilo a que designa de “Canto”. E que, basicamente, será o som que todos os veículos eléctricos da marca de Yokohama passarão a produzir.

“Um elemento importante da Mobilidade Inteligente Nissan é como o veículo se integra com a sociedade e um componente crucial disso é o som”, defende o vice-presidente executivo de Marketing e Vendas Globais da Nissan, Daniele Schillaci.

O Canto foi desenvolvido para ajudar na segurança dos peões, bem como para fornecer um som distinto da Nissan, um som que seja sinónimo de energia e de confiança, de acordo com a nossa marca, e que representa a posição única da Nissan no mercado dos automóveis electrificados”, explica.

Herança do latim e sinónimo de “eu canto”, o novo som criado pela Nissan distingue-se pelo facto de variar em tom e intensidade, dependendo se o automóvel está a acelerar, desacelerar ou a recuar.

[jwplatform lMewMpTp]

O sistema será activado quando a velocidades de até 20 a 30 km/h, dependendo dos requisitos de cada mercado, com a promessa de ser claramente audível, mas não perturbador.