Marinha Portuguesa

Navio hidrográfico D. Carlos I em Cabo Verde para missão “Mar Aberto”

695

O navio hidrográfico D. Carlos I, da Marinha Portuguesa, participa até dezembro em várias atividades em águas cabo-verdianas, no âmbito da segunda fase da missão de cooperação "Mar Aberto".

João Relvas/LUSA

O navio hidrográfico D. Carlos I, da Marinha Portuguesa, participa até dezembro em várias atividades em águas cabo-verdianas, no âmbito da segunda fase da missão de cooperação “Mar Aberto”, que termina com um seminário sobre segurança marítima.

Segundo informação divulgada pela embaixada de Portugal, na cidade da Praia, o navio irá realizar trabalhos de hidrografia, com a sondagem de vários portos para produção de cartas de navegação, e ações de vigilância e fiscalização, no âmbito dos acordos de cooperação com Cabo Verde.

O navio chegou a 6 de novembro ao porto da Praia, de onde largou no dia seguinte com destino às ilhas da Boavista e do Sal, onde se encontra em trabalhos hidrográficos.

Está prevista a sua chegada ao porto do Mindelo no dia 14 de novembro onde ficará atracado até dia 17, regressando ao porto da Praia a 28 de novembro.

Durante a estadia no Mindelo, será feita a apresentação do programa da missão hidrográfica e o lançamento das duas novas cartas náuticas de Cabo Verde.

“Neste momento, o navio está a fazer o trânsito até ao Mindelo, durante o qual vai fazer trabalhos de hidrografia e também tarefas de cooperação com a guarda costeira de Cabo Verde e com as entidades que conduzem as inspeções de fiscalização de pesca e de atividades ilícitas”, disse à agência Lusa o comandante de Mar e Guerra José Picoito, da cooperação técnico-militar portuguesa em Cabo Verde.

O responsável explicou que, no regresso do Mindelo à Praia, o navio irá “privilegiar a parte da hidrografia”.

Coincidindo com a segunda fase da permanência do navio na cidade da Praia, decorrerá, a 29 e 30 de novembro, um seminário sobre segurança marítima com a participação de responsáveis militares e políticos da área da defesa de Portugal e Cabo Verde.

A primeira fase da missão “Mar Aberto” em Cabo Verde aconteceu em abril com a presença da Fragata Vasco da Gama nos portos da Praia e do Mindelo.

A visita da Fragata Vasco da Gama coincidiu com a visita de Estado do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a Cabo Verde.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Sindicatos

Vivam as greves livres

Nuno Cerejeira Namora

Estes movimentos têm de ser encarados como o sintoma de um mal maior: a falência do sindicalismo tradicional e a sua incapacidade de dar resposta às legítimas aspirações dos seus filiados.

Sri Lanka

Ataque terrorista à geografia humana de Portugal

Vitório Rosário Cardoso

É quase indissociável desde o século XVI na Ásia marítima a questão de se ser católico e de se ser Português porque afirmando-se católico no Oriente era o mesmo que dizer ser-se Português. 

Museus

Preservação do Património Cultural

Bernardo Cabral Meneses

As catástrofes ocorridas no Rio de Janeiro e em Paris deverão servir de exemplo para ser reforçada a segurança contra incêndios nos edifícios e em particular nos museus portugueses.

Liberdades

Graus de liberdade /premium

Teresa Espassandim

Ninguém poderá afirmar que é inteiramente livre, que pouco ou nada o condiciona, como se a liberdade significasse tão só e apenas a ausência de submissão e de servidão.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)