Incêndios

Incêndios de setembro considerados catástrofe natural

362

Governo reconheceu como catástrofe natural o conjunto de incêndios deflagrados em setembro de 2017 nos concelhos de Covilhã, Fundão, Penafiel e Sertã. Agricultores podem assim pedir apoios.

António José/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

O Governo reconheceu como catástrofe natural, através de despacho ministerial publicado na sexta-feira, o conjunto de incêndios deflagrados em setembro de 2017 nos concelhos de Covilhã, Fundão, Penafiel e Sertã.

O despacho número 9.813-A/2017 do ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, permite a apresentação de candidaturas para restabelecimento de potencial produtivo.

No texto detalha-se que os apoios visam a “reconstituição ou reposição do potencial produtivo das explorações agrícolas danificadas (…) nos ativos fixos tangíveis e ativos biológicos do seu capital produtivo, correspondente a animais, plantações plurianuais, máquinas, equipamentos, armazéns e outras construções de apoio à atividade agrícola”.

As candidaturas estão condicionadas ao facto de as explorações agrícolas afetadas terem tido danos superiores a 30% do potencial agrícola, confirmado pela Direção Regional de Agricultura e Pescas territorialmente competente.

O montante mínimo da despesa elegível é de cem euros.

O apoio a conceder vai ter a forma de subvenção não reembolsável.

Os pedidos de apoio devem ser apresentados através de formulário eletrónico disponível no Portal do Portugal 2020, em www.portugal2020.pt ou do PDR 2020, em www.pdr-2020.pt/, devendo ser submetidos até 15 de dezembro 2017.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Eleições

Contagem decrescente /premium

Manuel Villaverde Cabral

O grande problema do PS será prometer o fim da «geringonça» sem que as muletas do governo – o PCP, o BE e os seus eleitorados – lhe venham a negar uma maioria que o PS já só poderá fazer com Rui Rio. 

China

Os chineses vestem Prada /premium

Diana Soller

Depois de quatro décadas de crescimento, consolidação e expansão económica internacional não acreditar que Pequim veio para ficar como importante ator no sistema internacional só pode ser uma ilusão.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)