A GNR fez uma operação de fiscalização na A2 (autoestrada do sul) na sexta-feira noite para travar a prática ilegal de corridas de automóveis e motas naquela autoestrada. Em comunicado, a GNR adianta que na operação realizada no dia 10 de novembro (sexta-feira) foram detetados e controlados quatro automóveis, em excesso de velocidade, numa corrida ilegal, no sentido sul/norte (Corroios/Almada).

[jwplatform Kx5PNPe3]

Nesta fiscalização, levada a cabo pelo comando territorial de Setúbal (destacamento de trânsito) foram detetados quatros automóveis a circular a grande velocidade à uma da manhã, um veículo ia a mais de 200 quilómetros por hora. Os agentes desencadearam uma ação de abrandamento e corte total de autoestrada para travar a corrida ilegal, uma prática que, lembra o comunicado, coloca em perigo a vida dos outros utilizadores.

Em causa estão várias infrações graves e muito graves e atendendo à sua gravidade, os factos foram remetidos para o Tribunal de Almada.

A operação resultou no levantamento de 27 autos de contraordenação (multas), entre os quais:

  • Sete por alteração de características dos veículos intervenientes;
  • Quatro por excesso de velocidade;
  • Quatro por manobra de ultrapassagem irregular, sendo uma delas efetuada pela direita usando a berma da autoestrada;
  • Um auto por um dos veículos se encontrar a derramar óleo para o pavimento.

Foram ainda apreendidos os quatro veículos intervenientes na corrida ilegal, que serão submetidos a uma inspeção técnica extraordinária pelo Instituto de Mobilidade e Transportes de Setúbal.