Depois de prever a eleição de Donald Trump nos Estados Unidos e a vitória do Brexit no Reino Unido, o médium Craig Hamilton-Parker volta a atacar. Ou a fazer previsões, vá: ““2018 vai ser um ano de turbulência política e de crise ambiental, causada por um tempo dramático e sem precedentes”, escreveu o médium britânico, autor de vários livros e programas de televisão, no seu blogue. No seu canal de YouTube também publicou um vídeo, a detalhar tudo aquilo que acredita que vai acontecer.

Um ataque terrorista numa autoestrada algures no Reino Unido; um ataque químico com drones numa cidade europeia que não nomeia, e a queda do regime de Kim Jong-un, na Coreia do Norte, são apenas outras três das suas profecias para o próximo ano.

De resto, garante que haverá sismos em todo o mundo — e um “muito sério” na Nova Zelândia” –; uma erupção no Monte Vesúvio, em Nápoles; uma série de furacões nas Caraíbas, de fogos na Califórnia e na Austrália e de inundações na China e na Índia. Mais: os mares do sul serão impossíveis de navegar depois de uma grande massa de gelo se desprender da Antártida. “Há anos que digo que vamos ter situações destas — não só por causa do aquecimento global mas também graças à maior atividade do Sol. Já vimos furacões terríveis mas sinto que o pior ainda está por vir”, profetizou o médium.

Outra previsão: o princípe Harry vai finalmente ficar noivo da namorada, a atriz norte-americana Meghan Markle, famosa pela série Suits.