Rádio Observador

Supercarros

5.000 cv. Aqui está um carro que chama a atenção

232

Os melhores desportivos do mundo, como o Bugatti Chiron, oferecem aos seus condutores 1.500 cv. Agora imagine a sensação de ter pela frente um adversário com o triplo da potência. É o Devel Sixteen.

A luta pelo ceptro do melhor superdesportivo do mundo está ao rubro. Entre o Bugatti Chiron e o Koenigsegg Agera RS, menos potente mas substancialmente mais leve, não há grande diferença, quanto o tema é acelerar de 0 a 400 km/h e depois travar de regresso a 0 km/h.

Se a aposta mete velocidade máxima, então voltamos a ter o Chiron, mas desta vez frente ao quase desconhecido Hennessey Venom F5, ambos muito acima dos 400 km/h. Acontece que esta hierarquia está em vias de pertencer ao passado, assim que começar a circular o Devel Sixteen, o superdesportivo que será apresentado no Salão do Dubai e que promete qualquer coisa como 5.000 cv. Ou seja, mais de três vezes a potência de um Chiron.

O Devel é, curiosamente, um carro do Dubai. Pertence a uma empresa local, que paga a factura, mas quem trata da produção são os italianos da Manifattura Automobili Torino, os mesmos especialistas em veículos deste tipo – rápidos, eficientes e caros – que também constroem o Glickenhaus SCG 003 e o Apollo Intensa Emozione.

O superdesportivo árabe possui linhas agressivas, com óbvio tratamento aerodinâmico, pois como se espera que atinja uma velocidade máxima elevada (elevadíssima será o termo mais correcto), a estabilidade começa a ser um problema muito sério, especialmente se uma irregularidade do piso o fizer descolar ou levantar a frente.

Mas o maior trunfo do Devel Sixteen está mesmo no sixteen. É que o desportivo tem montado um motor a gasolina de 16 cilindros em V, com 12,3 litros de capacidade, sendo importante realçar que há uma série de camiões com menos cilindrada do que este peso-pluma.

Esta unidade motriz, que é soprada por quatro turbocompressores, qual Bugatti Chiron, foi notícia há dois anos, quando visitou um banco de potência. Na altura, chocou os especialistas ao atingir 4.000 cv. Mas agora, em vésperas da revelação ao público, surge na versão definitiva com uns impressionantes 5.000 cv. Tudo para garantir uma velocidade máxima de 500 km/h. É, muito provavelmente, o primeiro desportivo que, quando for apanhado à velocidade máxima pela brigada de trânsito lá do sítio, o senhor agente vai ficar indeciso entre dar um abraço de parabéns ao condutor, ou prendê-lo, apreender-lhe o veículo e brindá-lo com uma multa à medida.

Pesquisa de carros novos

Filtre por marca, modelo, preço, potência e muitas outras caraterísticas, para encontrar o seu carro novo perfeito.

Pesquisa de carros novosExperimentar agora

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros de órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: alavrador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)