A cantora britânica Jessie Ware cancelou o concerto marcado para o festival Vofadone Mexefest, em Lisboa, e será substituída pelo músico português Samuel Úria, revelou a promotora.

O festival decorrerá nos dias 24 e 25 em vários espaços da capital e a cantora tinha uma atuação marcada para o primeiro dia no Coliseu de Lisboa, mas cancelou invocando sobreposição de agenda.

Com este cancelamento, a organização rearranjou parte do cartaz, deslocando o concerto dos Destroyer do Cinema São Jorge para o Coliseu dos Recreios e convidando Samuel Úria a atuar naquela sala de cinema.

Samuel Úria estará no Mexefest com um concerto assente no álbum “Carga de ombro”, editado no ano passado, e contará com duas vozes convidadas: Ana Bacalhau e Gisela João.

Este foi o segundo cancelamento este ano no Mexefest. No verão tinha sido anunciada uma atuação de Charles Bradley no festival, que acabou por ser cancelada por razões de saúde do músico. O cantor viria a falecer em setembro.

Este ano, o Vodafone Mexefest contará com artistas como Orelha Negra, Manel Cruz, Destroyer, Hinds, Valete e um grnade lote de nova música portuguesa, como Surma, Killimanjaro, Lavoisier, Conjunto Corona e Vaiapraia e as Rainhas do Baile.

Com um cartaz marcado pelo hip-hop, a organização juntou ainda Eva RapDiva, “a rainha ginga do rap angolano”, e CJ Fly e Nasty Niles, do coletivo norte-americano Pro Era.

Este ano haverá palcos em mais de uma dezena de espaços, entre os quais um sótão, um autocarro, um terraço, dois palácios, duas salas de cinema e uma estação de comboios.

Os concertos, alguns dos quais a acontecer em simultâneo, decorrerão, por exemplo, no Cinema São Jorge, no Teatro Tivoli, no Teatro Capitólio, no Coliseu dos Recreios, no Palácio Foz ou na Garagem EPAL.