Rádio Observador

País

Rosário Farmhouse é a nova presidente da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens

Rosário Farmhouse é a nova presidente da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, substituindo no cargo o juiz conselheiro Armando Leandro.

JOAO RELVAS/LUSA

Rosário Farmhouse é a nova presidente da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens (CNPDPCJ), substituindo no cargo o juiz conselheiro Armando Leandro, que deixou o cargo a seu pedido.

A nomeação de Rosário Farmhouse foi divulgada no ‘Facebook’ da CNPDPCJ e confirmada esta quinta-feira à agência Lusa por uma fonte do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, segundo a qual a nova presidente já assumiu funções.

A comissão divulga ainda no seu Facebook a mensagem do juiz conselheiro Armando Leandro dirigida a todas as Comissões de Proteção de Crianças e Jovens.

Na carta, Armando Leandro, que presidiu a comissão durante 12 anos, explica que cessou funções a seu pedido e agradece a cooperação e o trabalho desenvolvido pelas comissões de proteção de crianças e jovens ao longo dos anos.

“Venho saudar, com muito apreço, admiração e estima, todas as CPCJ [Comissão de Proteção de Crianças e Jovens] e seus membros atuais e anteriores, salientar o muito valioso trabalho que vêm desenvolvendo em favor das crianças, jovens, famílias e comunidades, e agradecer, penhoradamente, toda a muito prestimosa cooperação e as sensibilizantes e amigas atenções com que sempre tiveram a bondade de me honrar e enriquecer a minha aprendizagem humana e funcional”, afirma Armando Leandro na missiva.

Deseja ainda os “votos das maiores felicidades” a todos que integram as comissões, convicto de que “continuarão na senda da realização cada vez mais conseguida” a sua “missão nobilíssima, essencial a um desenvolvimento individual e comunitário justo e de qualidade.

Armando Leandro, 82 anos, assumiu o cargo de presidente da Comissão Nacional de Proteção de Crianças e Jovens em Risco em setembro de 2005, tendo publicado vários trabalhos ligados à sua especialidade, nomeadamente sobre temas de Direito de Menores e de Família.

A nova presidente da CNPDPCJ, Rosário Farmhouse, foi diretora do Serviço Jesuíta aos Refugiados de Portugal, entre janeiro de 2003 e fevereiro de 2008, e exerceu as funções de Alta Comissária para a Imigração e Diálogo Intercultural.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)