O ex-vice-presidente do Zimbabué, Emmerson Mnangagwa, destituído há duas semanas e apontado como sucessor de Robert Mugabe, que deixou o poder na terça-feira ao fim de 37 anos, deve regressar esta quarta-feira ao país, revelou o seu assistente pessoal.

“O camarada Mnangagwa volta hoje”, disse Larry Mavhima em declarações à agência de notícias AFP.

“Ele vai chegar à base militar de Manyame [na capital, Harare] às 13:00 [11:00 em Lisboa]. Ele dirigir-se-á, de seguida, para o quartel-general do partido para um balanço, depois ao gabinete da presidência para outro ponto de situação”, detalhou o mesmo responsável.