Jorge Jesus tenta comer uma sanduíche e não consegue. “Pá, isto ’tá carregado de sal”, reclama. O treinador do Sporting pede que se feche, que se jogue mais próximo, que se afunde, pede marcação, posicionamento, bola no pé… E que se corte no sal. É que “os portugueses consomem por dia mais 30 toneladas de sal do que deviam”, refere. E trinta toneladas de sal é muito sal.

É este o número que marca a campanha “Juntos contra o Sal” do Serviço Nacional de Saúde, protagonizada por Jesus, Ana Malhoa, Sara Matos, Sílvia Alberto e Rita Ferro Rodrigues. Numa série de vídeos, todos apelam a que se corte na quantidade de sal que se coloca na comida. No entanto, é o treinador do Sporting quem ‘rouba o espetáculo’.

[jwplatform BhfYscUx]

Na descrição de todos os vídeos publicados na sua página de Facebook, o Serviço Nacional de Saúde descreve como “urgente” a necessidade de reduzir o consumo de sal entre a população portuguesa. A proposta do ‘imposto da batata frita’, ou seja, da “tributação sobre os alimentos com excesso de sal”, vai ser votada na Assembleia da República. Contudo, PSD, CDS e PCP estão contra, pelo que a proposta não deverá passar do papel.

Nos seu vídeo, Ana Malhoa chama o “garçon” porque a sopa “’tá cheia de sal” e arranja um substituto: “mais pimenta”.

Ana Malhoa – Juntos contra o sal

#juntoscontraosal #SNS

Posted by Serviço Nacional de Saúde on Tuesday, November 21, 2017

Sara Matos, por sua vez, não consegue terminar a gravação de uma cena porque também a sua sopa está – adivinhou – demasiado salgada.

Sara Matos – Juntos contra o sal

#juntoscontraosal #SNS

Posted by Serviço Nacional de Saúde on Tuesday, November 21, 2017

A cozinheira da cantina onde Sílvia Alberto vai comer as suas refeições reconhece o problema e não deixa que os colegas da apresentadora levem mais sal do que aquele que foi posto na comida. Por fim, Rita Ferro Rodrigues também aconselha: “E que tal cortar no sal?”

Sílvia Alberto – Juntos contra o sal

#juntoscontraosal #SNS

Posted by Serviço Nacional de Saúde on Wednesday, November 22, 2017

Rita Ferro Rodrigues – Juntos contra o sal

#juntoscontraosal #SNS

Posted by Serviço Nacional de Saúde on Tuesday, November 21, 2017