Mesmo numa das mais complexas e disputadas indústrias do momento, como é a automóvel, não há nada que impeça que se encare a vida – e os negócios – com uma certa dose de humor. Esta parece ser a máxima do CEO da Tesla, que não parece estar muito stressado com tudo aquilo que faz diariamente, aos comandos da SpaceX, The Boring Company, Hyperloop e Tesla, uma vez que ainda tem tempo para introduzir umas “graçolas” nas denominações de alguns dos seus produtos.

Em 1987 estreou o filme Spaceballs, que entre nós ficou conhecido como A Mais Louca Odisseia no Espaço, realizado por Mel Brooks. Foi uma comédia popular, de um humor surreal, que parodiava os grandes êxitos do momento, filmes como Star Trek, Alien ou o Planeta dos Macacos e que marcou uma geração. Precisamente, a geração de Musk, que à época era um adolescente de 16 anos, ainda a viver no país onde nasceu: África do Sul.

[jwplatform Lzw1mY8W]

É ao Spaceballs, de que aqui deixamos um excerto, que Elon Musk foi buscar a inspiração para o Ludicrous Mode, do Model S e X (referido no vídeo aos 0.55). E da mesma comédia saiu o agora Maximum Plaid do Roadster (ao minuto 2.20), um degrau acima do Ludicrous em matéria de sensações e de rapidez.

A popularidade do Spaceballs explica o riso generalizado da plateia, quando Musk anunciou o Maximum Plaid para o coupé da marca. Sim, porque naquela sala, o CEO da Tesla não era o único que se recordava das graçolas do filme de Mel Brooks.

Spaceballs GIF - Find & Share on GIPHY

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

E o hábito de brincar com coisas sérias de Musk não se limita à Tesla. Também a SpaceX recebe igual tratamento, mesmo se é uma das maiores empresas mundiais a colocar satélites em órbita, além de ser a escolhida pelos americanos para abastecer a Estação Espacial Internacional com víveres e, em breve, astronautas. Apesar disso, Musk não resistiu e baptizou, de forma muito particular, as duas primeiras plataformas flutuantes construídas para os foguetões aterrarem. Apelidou-as de “Just Read the Instructions” e “Of Course I Still Love You”, em honra do escocês Iain Banks, o autor de ficção científica – tema que Musk muito aprecia – que escreveu The Player of Games, onde aparecem duas enormes naves espaciais com estas mesmas denominações.