A seleção portuguesa de futebol manteve o terceiro lugar – a melhor classificação de sempre – no ‘ranking’ da FIFA, divulgado esta quinta-feira pelo organismo regulador da modalidade, que continua a ser liderado pela Alemanha, atual campeã mundial.

Os cinco primeiros mantiveram as posições relativamente à classificação anterior, de 16 de outubro, com o Brasil a ocupar o segundo lugar, a Argentina o quarto – a apenas 10 pontos de Portugal, campeão europeu em título – e a Bélgica o quinto.

A Espanha subiu duas posições, para a sexta, em contraponto com a Polónia, que desceu do sexto para o sétimo posto, enquanto a Suíça escalou três lugares, reentrando para o ‘top ten’, para o oitavo, ultrapassando a França (nona) e o Chile (10.º).

A seleção portuguesa tinha igualado no ‘ranking’ divulgado em 14 de setembro a sua melhor classificação de sempre na hierarquia da FIFA, ao subir ao terceiro lugar, posição que já tinha ocupado em 2010, 2012 e 2014.

O Irão, treinado pelo português Carlos Queiroz, subiu de 34.º para 32.º, enquanto o Burkina Faso, cujo selecionador é o português Paulo Duarte, ascendeu ainda mais, de 55.º para 44.º, enquanto Cabo Verde continua a ser o melhor dos países de expressão portuguesa, depois do Brasil, em 68.º.