O capítulo oculto do relatório independente sobre os fogos de Pedrógão Grande foi revelado pelo Governo esta sexta-feira à noite, mas apenas a parte que foi autorizada pela Comissão Nacional de Proteção de Dados e que omite todas as referências que possam permitir a identificação das vítimas.

Uma das informações que é possível consultar é o local e as circunstâncias em que foram apanhadas as vítimas mortais dos incêndios de junho. Apenas quatro estavam dentro de casa ou de outras estruturas, 11 estavam a pé fora de casa e a esmagadora maioria estava ou dentro do carro, 31, já fora do automóvel, 16. Estes casos ocorreram sobretudo na Estrada Nacional 236 e em vias de acesso. O documento refere um morto por causa não especificadas, num mapa que só contabiliza 63 vítimas onde são mostrados os locais onde as mortes ocorreram.

Nesta parte do relatório contam-se ainda várias histórias de sobrevivência e são descritos testemunhos sobre várias situações de prestação de socorro, algumas das quais envolveram “um comportamento abnegado e mesmo heroico por parte daqueles que neles tomaram parte”.

São ainda elencadas as razões dadas pelas pessoas para saírem de casa quando o fogo se aproximou.

  • Aspeto do incêndio, do vento e do ruido que produzia, que pareceu ser fora do comum e de ter uma capacidade de destruição que aterrorizava as pessoas.
  • Sensação de que o fogo iria destruir as casas todas da aldeia.
  • Noção de que a casa em que estava era vulnerável, por ser antiga, ter sobrado e estrutura em madeira.
  • Noção de que tinham muita vegetação e materiais inflamáveis em volta da casa.
  • Ter pessoas com problemas de saúde, incapacidades motoras, crianças ou idosos, presentes em casa.
  • Não haver Bombeiros presentes, ou por perto.
  • CEIF/Universidade de Coimbra 237
  • Universidade de Coimbra O GIF de Pedrógão Grande e concelhos limítrofes (2017)
  • Ter faltado a água da rede.
  • Ter faltado a eletricidade.
  • Ver outras pessoas a sair, nomeadamente vizinhos ou familiares.
  • Ter sido convidados ou impulsionados a sair, por familiares ou amigos. x Ter sido coagidos a sair pelas autoridades.
  • Ter a intenção de colocar os carros a salvo.
  • Ter a intenção de ir ajudar outras pessoas.

Pedrógão Grande: Governo divulga pontos do capítulo 6 autorizados pela Comissão de Dados