Há não muito tempo, cabia apenas ao Tiguan e ao Touareg representarem a oferta da Volkswagen em matéria de SUV. Situação que rapidamente se alterou com a entrada em cena do Atlas (no mercado norte-americano), do Tiguan Allspace de sete lugares e, mais recentemente, do T-Roc, que acaba de iniciar a comercialização no mercado português.

Mas o construtor de Wolfsburg não pensa parar por aqui. Já para o próximo Verão, está prevista a introdução de um SUV mais pequeno, com base no novo Polo. E é precisamente sobre o T-Cross que recaem declarações algo estranhas, à Auto Express, por parte de uma fonte da marca não identificada. Que terá dito que, ainda que o conservadorismo estético típico da VW não vá ser banido, a versão de produção do T-Cross surpreenderá por ter um aspecto bem “mais desportivo”. A ponto de, olhando para o crossover, se instalar a dúvida: “será mesmo um Volkswagen?”

Sabe-se já que o T-Cross, em molde definitivo, ganhará um tecto fixo – ao contrário do protótipo descapotável que lhe serve de base, o T-Cross Breeze. Por outro lado, de acordo com a mesma fonte, a grelha frontal manterá o ar de família (possivelmente, a toda a largura, como no T-Roc), mas o design será mais “excitante”.

Por confirmar ainda está uma distância entre eixos que deverá ser 3 cm inferior à do T-Roc (base Golf, ou seja 2,62 metros), mas 1,2 cm maior quando comparada com a do Polo (2,56 m). O que, a confirmar-se, permite antever um espaço mais generoso para os ocupantes que seguem nos lugares traseiros, quando comparado com o utilitário da marca (Polo).

Tudo indica que o ‘primo’ do Arona vai disponibilizar, opcionalmente, um sistema de tracção integral com o motor de quatro cilindros 1.5 TSI de 150 cv, mas a proposta de entrada recairá no já conhecido 1.0 TSI de três cilindros.

E, depois do T-Cross, nada impede que o construtor alemão se concentre num produto mais encorpado. Correm rumores de que o T-Track, montado sobre a plataforma do up!, afinal não foi metido na gaveta. O projecto deste crossover em ponto (muito) pequeno terá sido recuperado pelo construtor de Wolfsburg. A ver vamos.