O Presidente do Brasil, Michel Temer, teve esta segunda-feira alta do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde foi submetido a uma angioplastia, no último sábado, para desobstruir as artérias coronárias.

Temer, 77 anos, foi internado na sexta-feira para fazer um cateterismo, tendo sido detetada uma obstrução de 90% numa das artérias.

Em outubro, o médico do Presidente anunciou que Temer tinha uma obstrução ligeira, que seria tratada com medicação e dieta.

O chefe de Estado saiu do hospital de helicóptero e deve voltar para Brasília ainda esta segunda-feira, onde a sua agenda oficial foi cancelada.

O próprio Presidente brasileiro comentou, na rede social Twitter, que estava de volta ao trabalho.