Vulgarmente apontada como uma das marcas de topo em termos de superdesportivos, a McLaren não parece gozar de muito boa imagem, em termos de fiabilidade, entre as empresas que mais trabalham com este tipo de carros, proporcionando experiências de condução e track days. Que o diga a americana Xtreme Xperience que, num vídeo publicado no YouTube, simplesmente deixa de rastos a imagem dos produtos do fabricante de Woking.

Embora salientando que a utilização que uma empresa como a Xtreme Xperience faz dos seus desportivos – com centenas de voltas a uma pista num só dia – dificilmente é comparável à que faz o proprietário de um McLaren, no dia-a-dia, a verdade é que nem mesmo com essa ressalva o vídeo consegue ser “meiguinho” para os produtos de Woking. Com um dos responsáveis máximos da Xtreme Xperience a qualificar mesmo a McLaren como “o pior fabricante” de modelos do género.

Segundo o mesmo responsável, Joe Moore, o problema está no facto de, por exemplo, o MP 12C, ser um carro com demasiada electrónica. Logo, um pequeno problema eléctrico, num pequeno sensor, afecta todo o automóvel, fazendo mesmo com que deixe de funcionar!

Não deixando de considerar o modelo inglês “um carro fantástico, rápido, extremamente avançado, com um super-motor V8”, Moore garante que, dos seis McLaren MP 12C que colocaram ao serviço, todos acabaram por ter problemas graves. Sendo mesmo quase impossível repará-los, com a agravante de que os problemas surgidos não estavam abrangidos pela garantia.

6 fotos

Fomos obrigados a despachar esses McLaren, acabando por substituí-los pelo modelo mais recente, o 570S. Mas que, apesar de ser um carro mais avançado, acabou por revelar os mesmos problemas do MP 12C”, conclui o responsável da Xtreme Xperience.

Resumindo: se está a pensar comprar um McLaren, com o intuito de aproveitar ao máximo o seu novo desportivo, o conselho de Joe Moore só pode ser um – pense melhor! É que, pelo menos no caso da Xtreme Xperience, a experiência com os carros de Woking é tudo menos boa. E se não acredita, veja o vídeo.