Há fumo branco nas negociações entre o Reino Unido e a União Europeia quanto ao preço a pagar pelos britânicos para abandonarem a União Europeia. De acordo com o Telegraph, a fatura do Brexit deve ficar por um valor entre os 45 e os 55 mil milhões de euros, mas a palavra final será dada na próxima segunda-feira, depois de um almoço entre a primeira-ministra Theresa May e o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

A confirmar-se este valor, fica claro que o Reino Unido conseguiu suavizar a penalização a aplicar pelas autoridades europeias pela decisão inédita de um país de deixar o projeto europeu. Num primeiro momento, apontava-se para uma fatura de 60 mil milhões de euros.

O Telegraph cita fontes dos dois lados das negociações para avançar com a informação de que foi alcançado um acordo. Os termos foram definidos numa reunião na semana passada, em Bruxelas, em que Oliver Robbins, líder da equipa de negociadores britânicos, assumiu o protagonismo da discussão.

A diferença de dez mil milhões de euros entre os valores avançados por um e pelo outro lado das negociações é, também, parte da estratégia negocial, explica o Telegraph. O valor foi deixado em aberto para dar margem a “interpretações”, quando se sabe que May e Juncker vão sentar-se frente a frente para um almoço de trabalho na próxima segunda-feira.