Depois de uma chita que decidiu medir forças com um Fórmula E, eis que, agora, foi um outro felino, mais concretamente um lince americano, a sentir-se atraído por aquelas máquinas malucas que os humanos conduzem. Acabando mesmo por apanhar “boleia” de um Toyota Prius, em cuja grelha frontal ficou preso. Resultado: acabou por fazer uma não desejada viagem de cerca de 80 quilómetros que, felizmente, terminou apenas com um arranhão no lombo.

Segundo relatos da condutora do Prius, o lince terá ficado preso na sequência de uma pancada, em Gloucester County. A mulher garante que não se apercebeu do que teria sido, motivo pelo qual diz ter decidido parar apenas no destino, em Richmond. Altura em que, ao ver situação tão invulgar, decidiu chamar as autoridades.

O caso causou estranheza nas próprias autoridades, as quais terão ficado inicialmente incrédulas com a própria descrição da condutora.

Tudo acabou por ser resolvido com o lince a ser anestesiado, para, então sim, ser retirado da grelha onde havia ficado preso. Confirmando-se que não só não corria perigo de vida, como apenas tinha um corte.

Retirado do local, o animal foi depois libertado na zona onde supostamente terá sido atingido pelo carro, para que pudesse continuar em liberdade.

Quanto à condutora, fica a questão: distracção ou uma total falta de consciência? Responda o leitor…