Pelo menos 35 pessoas ficaram feridas depois de um comboio, que fazia o percurso Málaga-Sevilha, ter descarrilado durante a manhã desta quarta-feira perto da localidade sevilhana de Arahal. Dois passageiros estão em estado grave, de acordo com os serviços de emergência da Andalucía.

O comboio partiu às 8h de Málaga e o acidente, refere o El País, terá acontecido por volta das 10h depois de o terceiro vagão ter saído da linha. O descarrilamento foi causado chuva forte que se faz sentir na região e aconteceu perto de um trecho, entre as estações de Arahal e El Sorbito, que tinha sido cortado durante a manhã por se encontrar inundado. No entanto, na altura do acidente, a linha já tinha sido reaberta, pelas 9h25. O trecho foi, entretanto, encerrado novamente.

No comboio, que fazia um percurso de média distância, seguiam 79 passageiros. Uma testemunha ouvida pela EFE afirmou que os agricultores que trabalham na zona foram os primeiros a ajudar os feridos. Estes acabaram também por ajudar os serviços de emergência a chegarem ao local a pedido da polícia, uma vez que as ambulâncias ficaram atoladas nos caminhos enlameados.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Os feridos foram retirados das carruagens com o apoio de um helicóptero. O acesso à zona do acidente é difícil, e só pode ser feito por um pequeno caminho. Segundo o El País, os feridos mais graves foram transportado para o Hospital Virgen del Rocío, em Sevilha. Os restantes passageiros receberam tratamento junto ao comboio.

Granada e Málaga estão a ser afetadas pelo mau tempo, tendo sido ativado o aviso amarelo (o segundo de um escala de três) nas duas regiões para esta quarta-feira.