Os lucros da Ibersol aumentaram 21,2% no terceiro trimestre face ao mesmo período do ano passado, para 21,8 milhões de euros, segundo os resultados divulgados esta quinta-feira pela empresa à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). “O resultado líquido consolidado no final dos primeiros nove meses atingiu o valor de 21,8 milhões de euros, 3,8 milhões euros superior ao período homólogo de 2016”, lê-se no documento.

Os resultados de 2017 da Ibersol, que detém as marcas PizzaHut e Burger King em Portugal e Espanha, estão influenciados pela aquisição da companhia espanhola Eat Out Group. Não considerando esta aquisição, o lucro apresenta um crescimento homólogo de 16,7% no terceiro trimestre.

O volume de negócios ascendeu a 332,5 milhões de euros, mais 87,4% do que no período homólogo. Eliminando o efeito da aquisição da Eat Out Group, o crescimento de vendas de restauração nos primeiros nove meses foi de 16,5%. A Ibersol encerrou no mesmo período 33 unidades, 13 próprias e 20 franquiadas. Por outro lado, este ano, concretizaram-se aberturas de 14 novas unidades, 10 próprias e 4 franquiadas.

No final do terceiro trimestre, o número total de unidades era de 648 (501 próprias e 147 franquiadas), das quais 92 PizzaHut e 72 Burger King em Portugal. O EBITDA (resultado antes de juros, impostos, amortizações e depreciações) ascendeu a 49,8 milhões de euros, um aumento de 68% face a igual período do ano anterior.

Já o endividamento remunerado líquido em setembro ascendia a 80 milhões de euros, inferior em 30 milhões ao registado no final de 2016. Para o quarto trimestre do ano, a Ibersol prevê que se mantenha a tendência de crescimento das vendas, “sendo que, em Portugal, os crescimentos de vendas no primeiro semestre incorporam um impacto na ordem dos 7%, que não se verificará no resto do ano”.

O plano de expansão traduzir-se-á na concretização da abertura de pelo menos mais 7 novos restaurantes em Portugal até final do ano.