Dark Mode 136kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Morreu segunda vítima indireta dos incêndios de Pedrógão Grande

Morreu uma segunda vítima indireta dos incêndios de Pedrógão Grande. Trata-se de uma mulher em cadeira de rodas que estaria a tentar fugir das chamas no dia 17 de junho. Continuam internadas 3 pessoas

i

Os incêndios de 17 de junho tiraram a vida a 66 pessoas (64 oficiais mais duas indiretas)

JOÃO PORFÍRIO/OBSERVADOR

Os incêndios de 17 de junho tiraram a vida a 66 pessoas (64 oficiais mais duas indiretas)

JOÃO PORFÍRIO/OBSERVADOR

Morreu uma segunda vítima indireta dos incêndios de Pedrógão Grande, de 17 de junho. A notícia foi avançada, esta quinta-feira, pela SIC Notícias e confirmada pelo Observador. Continuam internadas três pessoas que ficaram feridas nesses incêndios.

Tratava-se de uma senhora de 68 anos que tinha sido atropelada enquanto fugia das chamas, de cadeira de rodas. Estava internada desde então na Ortopedia D dos Hospitais Universitários de Coimbra e sempre “muito instável”. A senhora morreu esta quarta-feira, um desfecho que era “previsível” para os médicos que a acompanhavam.

Esta é a segunda vítima mortal indireta dos incêndios de 17 de junho, elevando assim para 64 (oficiais) mais dois os mortos dos fogos de Pedrógão Grande. Registaram-se ainda mais de 250 feridos.

Continuam internados, fruto de ferimentos nesses incêndios, um bombeiro de 39 anos no Serviço de Cirurgia Plástica e Reconstrutiva e Queimados, do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra. Este doente foi transferido do Hospital de S. João, no Porto, e “está estável e a evoluir favoravelmente”. Permanece ainda internado, no Hospital de La Fé, em Espanha, o doente de 43 anos e ainda um doente de 50 anos no Centro Hospitalar de Leiria, de acordo com a informação enviada ao Observador por fonte oficial da Administração Regional de Saúde do Centro.

Na sexta-feira passada foi divulgada parte do capítulo 6 do relatório elaborado por Domingos Xavier Viegas sobre os incêndios de Pedrógão Grande e assim se ficou a saber que, das 63 vítimas tidas em consideração neste capítulo, quatro estavam dentro de casa ou de outras estruturas, 11 estavam a pé fora de casa e a esmagadora maioria estava ou dentro do carro (31) ou já fora do automóvel (16).

Os relatos de quem sobreviveu e de quem salvou vidas nos incêndios de Pedrógão Grande

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.