Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A desta quarta-feira foi uma noite gloriosa para o Standard de Liège, que eliminou o campeão Anderlecht e passou aos quartos de final da Taça da Bélgica. Mas não é por isso que Ricardo Sá Pinto, treinador do clube da região da Valónia, está por toda a Internet, foi por ter protagonizado o momento mais insólito do jogo.

[Veja aqui o top 5 dos momentos mais caricatos dos nossos treinadores]

[jwplatform 7VuDTD43]

Depois de ter sido atingido no pé com um copo de cerveja, atirado desde as bancadas, o português atirou-se para o relvado e por lá ficou, a reclamar, até ser expulso pelo árbitro.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Já fora das quatro linhas, Sá Pinto continuou a surpreender, ao dar uma entrevista hilariante, num francês que não envergonharia Jorge Jesus, onde explicou o que aconteceu. “Quand je suis ici il envoyé une chose que je ne sais pas que é! Une chose que is heavy. Comment se diz heavy?“, começou por responder ao jornalista, visivelmente irritado.

Depois de lhe explicarem como se diz pesado em francês — lourd — e treinador prosseguiu, explicando que não percebeu logo com o que tinha sido atingido: “Je tombé pour voire qu’est que s’est passé/ Caí para ver o que se tinha passado”. E voltou a enervar-se com o jornalista quando ele lhe perguntou se tinha sido mesmo necessário atirar-se para o chão porque lhe tinham atirado com um copo de cerveja ou se estava só a tentar ganhar tempo.

No final, e quando o jornalista belga tentou acalmá-lo — “Ricardo, só para acabar com um sorriso, ganhou o jogo, com todo o mérito, mas não gosta de cerveja” –, Sá Pinto não desarmou: “Je souris mais je n’accepte pas que tu changer la situation contre moi!/ Eu sorrio mas não aceito que tu virar a situação contra mim”.

[Veja aqui a entrevista do treinador português]