Para os jogadores do Real Madrid, as vésperas da Black Friday são ainda melhores do que o dia internacional das compras com descontos. Se nos EUA as famílias se reúnem pelo Thanksgiving, ou dia de Acção de Graças, no clube de futebol madrileno os jogadores reúnem-se para receber um carro cada um, oferecido pela Audi, patrocinadora do clube e fornecedora oficial para tudo o que tenha rodas.

A entrega dos novos veículos é apenas o ponto alto de um evento que tem diferentes motivos de interesse. Além do Natal antecipado, os jogadores, entre os quais se inclui o português Cristiano Ronaldo, divertem-se e entregam-se a uma série de actividades que nada têm a ver com o pontapé na bola. Este ano, foi a vez dos simuladores de condução, com os profissionais do futebol a dedicarem-se a corridas virtuais, como se o futuro deles dependesse disso.

14 fotos

Como cada profissional do Madrid escolheu o Audi que queria no “sapatinho”, sem olhar ao preço, não deixa de ser um exercício interessante ver quais são os modelos da marca alemã que mais apelam a indivíduos que, na realidade, já têm praticamente tudo na vida. A começar por carros, dos mais luxuosos aos mais potentes. Assim, para conduzir nos próximos 365 dias, 14 futebolistas do Real escolheram o SUV de dimensões mais que generosas, conhecido como Q7, alguns deles optando pela versão Q7 e-tron, a mais amiga do ambiente, outros pelo SQ7, a mais possante e amiga das emoções fortes.

Sérgio Ramos escolheu o carro mais caro do lote, um R8 Spyder 5.2 FSI de 540 cv, com o Audi mais em conta, um S5, a pertencer a Marco Asensio. O treinador Zinédine Zidane optou pelo RS6, enquanto o “nosso” Ronaldo preferiu o novo RS7 Sportback Performance, o mais possante dos novos carros do Real Madrid, com 605 cv. Esta é a lista dos modelos escolhidos por cada jogador: